Av. Eduardo Sá, 50, Eusébio – CE – 61760-000 | 85 3260-1258

Audiência Pública de Saúde é realizada na Câmara Municipal

  • 9 de junho de 2014

Em audiência pública nesta segunda-feira, dia 9, realizada na Câmara Municipal de Eusébio, a Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Saúde, realizou a prestação de contas das ações realizadas pela pasta no primeiro quadriênio de 2014. Foi lançado também o Programa de Residencia Multiprofissional, que receberá residentes para formação nas unidades de saúde da cidade.

Durante a audiência, foram recepcionados os onze profissionais residentes em estratégia de Saúde Mental e da Família, que farão parte da primeira turma do projeto, que terá duração de dois anos. O Programa de Residência Multiprofissional é resultado de um convênio entre a gestão municipal e a Escola de Saúde Pública do Ceará.

O prefeito Júnior observou que o lançamento do Programa de Residência Multiprofissional é um marco histórico para o município do Eusébio. “O Eusébio tem uma estrutura de saúde que contempla 100% de cobertura primária. Parece um número simples, mas não é. Se compararmos com os municípios da Região Metropolitana de Fortaleza e com outros do mesmo porte do nosso. Com esse trabalho tivemos como resultado, a menor mortalidade infantil do Brasil. Para chegarmos a esse patamar foram anos e anos de trabalho dos nossos profissionais e estamos conseguindo manter as conquistas, apesar das dificuldades”, ressaltou.

Segundo o gestor, com seu sistema de saúde organizado e com profissionais capacitados, o Eusébio se credenciou para uma nova fase – a de formar profissionais de qualidade e prover a ciência e a pesquisa. “O Eusébio estará em breve recebendo a Fiocruz, a Fábrica de Vacinas Biomanguinhos e o Instituto Renato Archer, que vão tornar nosso município um centro nacional de formação de profissionais em Saúde. Agora estamos recebendo onze profissionais que vêm em busca do ensino e da pesquisa em nossa cidade. É um sonho que começou há um ano e agora se concretiza e será o início para ampliarmos para outras especialidades. Quem sabe, no futuro, possamos oferecer o internato, que é a última fase da formação médica e também a residência médica”, asseverou.

Na oportunidade, o secretário Dr. Mário Lúcio, em conformidade com a Lei Complementar 141/2012, apresentou aos vereadores a prestação de contas e ações da Secretaria de Saúde referente ao primeiro quadrimestre de 2014, expondo o montante e a fonte dos recursos aplicados no período; auditorias realizadas ou em fase de execução no período e suas recomendações e determinações; oferta e produção de serviços públicos na rede assistencial própria, contratada e conveniada, comparando esses dados com os indicadores de saúde da população em seu âmbito de atuação.