Av. Eduardo Sá, 50, Eusébio – CE – 61760-000 | 85 3560-1158 | 85 3260-1258

Câmara de Eusébio aprova licença de mandato eletivo do vice-prefeito Paulo César Feitosa

  • 6 de julho de 2017
IMG_0487 (1)

A Câmara Municipal de Eusébio realizou nesta quarta-feira (5) uma sessão extraordinária para votar a autorização de Licença de Mandato Eletivo do vice-prefeito Paulo César Feitosa Arrais, que foi aprovada pelo plenário da Casa Legislativa. A solicitação tem por base os termos do art. 53-a da Lei Orgânica, combinado com os termos do inciso ii do art. 14 da mesma Carta. Paulo César Feitosa vai assumir o cargo de Presidente da Companhia de Desenvolvimento do Ceará (Codece), a convite do governador do Estado, Camilo Santana.

Paulo César Feitosa observa que a Codece é um órgão que propulsiona e impulsiona o desenvolvimento do estado, que tem como função fomentar a criação de novas empresas, de distritos industriais de negócios para dar um plus na economia sustentável e sócio econômico. “É um desafio. Estou assumindo essa função no afã de contribuir para o governo e para o Ceará. Tiro licença, mas não deixo de me preocupar com as questões locais, onde moramos e temos muito respeito e amor. No novo cargo vou procurar agilizar os projetos atinentes ao município, como os negócios e vocações locais e Polo Tecnológico da Saúde”, frisou. Durante a sessão vários vereadores se pronunciaram e desejaram sucesso ao vice-prefeito nessa nova missão.

Codece

A Companhia de Desenvolvimento do Ceará (Codece) é uma empresa de economia mista vinculada à Secretaria do Desenvolvimento Econômico do Estado (SDE), responsável pela política de implantação e desenvolvimento de micro e pequenos negócios, distritos industriais e distritos empreendedores, proporcionando a geração de emprego e renda, estimulando as economias locais e regionais do Ceará, o surgimento e desenvolvimento e competitividade dos empreendimentos locais.

O órgão realiza entre outras ações, o apoio operacional ao projeto Ceará Digital, que visa a fomentar o empreendedorismo nas áreas de hardware e software. O apoio à mineração, a realização de missões comerciais visando à produção e exportação de artigos cearenses, o preparo das pequenas empresas para participar dos leilões dos incentivos fiscais e o desenvolvimento dos elos faltantes das cadeiras produtivas.